ATENÇÃO: COMEÇOU O PERÍODO DE ENTREGA DO IMPOSTO DE RENDA 2021.

Você sabia que o Imposto de Renda Pessoa Física é uma forma de autônomos comprovarem renda?

A partir de 01 de março de 2021 a Receita Federal liberou a entrega do Imposto de Renda ano calendário 2020, mas atenção ao prazo que vai até as 23h59 do dia 30 de abril de 2021.

Se você não sabe por onde começar e quer entender um pouco mais como funciona, principais documentos, acompanhe algumas dicas em nosso post!

Mas afinal o que é Imposto de Renda?

O DIRPF (Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física) é um tributo cobrado anualmente pelo governo brasileiro sobre a renda obtida no ano pela pessoa física.

Qual o prazo para declarar?

O prazo se iniciou em 01/03/2021 e vai até as 23h59 do dia 30/04/2021.

O não envio da Declaração dentro do prazo resulta em multa por atraso.

Quem deve declarar?

1 – Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$28.559,70 durante o ano de 2020, salários, comissões, pró-labore, receita de aluguel, aposentadoria, entre outros;

2 – Rendimentos isentos, não tributáveis ou tributáveis, superior a R$ 40.000,00 durante o ano de 2020;

3 – Bens ou direitos recebidos em 2020 superior a R$ 300.000,00;

4 – Venda de imóveis residenciais com ganho;

5 – Quem exerce atividade rural com receita bruta acima de R$142.798,50.

Este ano inclui também quem recebeu o auxílio emergencial devido ao COVID-19.

Posso declarar mesmo não me enquadrando nas situações mencionadas acima?

Fica dispensado quem não se enquadra em nenhum dos casos citados acima, porém declarar é vantajoso para quem precisa comprovar renda em financiamentos ou empréstimos.

Principais documentos

  • Informe de rendimentos de salários, pró-labore, distribuição de lucros, aposentadoria, etc, referente ao ano calendário 2020;
  • Informe de rendimentos instituições financeiras;
  • Comprovante de despesas médicas e ensino;
  • Informe plano de saúde;
  • Documentos de bens como imóveis e veículos;
  • Recibos de aluguel (recebimento/pagamento);
  • Recibo de doações;
  • Contrato social (caso tenha empresa);
  • Caso seja autônomo extratos carnê-leão e resumo mensal do livro caixa.

Preenchendo e Transmitindo a Declaração

Depois de organizar a documentação é hora baixar o programa preencher e transmitir, verifique todos os detalhes com calma, não existindo nenhuma pendência transmita sua declaração para a Receita Federal.

Imprima o recibo e a declaração completa, faça sempre uma cópia do arquivo para no próximo ano importar os dados.

Se você tiver valor a restituir, o mesmo será devolvido na conta bancária informada na declaração, o valor é atualizado pela taxa Selic, acompanhe o calendário de lotes através  site da Receita Federal.

Obs: O ideal é ter um profissional especializado em contabilidade para fazer a declaração com segurança sem riscos de cair em malha fina.

Compartilhe com seus amigos nossas dicas e para mais informações sobre o Imposto de Renda 2021 ou como baixar o programa acesse o site da Receita Federal.

Essa história pode ser a sua, e o final feliz também.

Reproduzir vídeo
Estamos muitos satisfeitos com o empreendimento da Habras. Agradeço especialmente a corretora que fez o meu atendimento por toda dedicação e ao funcionário que fez a entrega das chaves pela honestidade” “A Habras entregou o imóvel 5 meses antes do previsto. Nunca tinha visto isso antes. Recomendo esta empresa”
Carlos & Patrícia
Manager of Finance Consultant